Entenda como funciona o procedimento de harmonização facial

Harmonização facial

O que Gretchen, Kelly Key, Lucas Lucco, Andréa Sorvetão, Mc Loma e Alok tem em comum? Todas essas celebridades aderiram à harmonização facial nos últimos anos, um procedimento estético que visa trazer mais equilíbrio e simetria ao rosto.

Mas o que é harmonização facial exatamente? Trata-se um conjunto de técnicas não-cirúrgicas para trazer maior simetria ao rosto, realçando alguns pontos e atenuando marcas menos desejáveis. 

Alteração na mandíbula, mudança no tamanho das bochechas e ajuste de tamanho do queixo são alguns tipos de intervenções possíveis.

O objetivo não é efetuar mudanças radicais ou corrigir absolutamente todas as imperfeições do rosto e sim intervir para realçar a beleza natural do rosto.

A análise de cada caso é feita por uma equipe de profissionais de saúde (dentista, dermatologista, cirurgião plástico, entre outros).

São várias as técnicas de harmonização da face, as mais comuns são botox (injeção de toxina botulínica para minimizar marcas de expressão e rugas), Preenchimento (injeção de ácido hialurônico usada para aumentar lábios, maça do rosto e queixo), microagulhamento (agulhas que estimulam a produção de colágeno) e peeling (uma leve descamação da pele para renovar o tecido.

As intervenções costumam ser bastante rápidas: são feitas entre 30 minutos e 1 hora dependendo do caso. 

Por se tratar de técnicas não-cirúrgicas a recuperação também é breve: o paciente pode retomar as suas atividades imediatamente após a harmonização facial, tendo apenas um certo inchaço que dura entre 15 e 30 dias.

Após esse período o inchaço desaparece e o resultado final se torna totalmente visível. Nesse período é ponderado se algum retoque será necessário.