Osseointegração: Entenda a importância desse conceito nos implantes de carga imediata

Dentista explicando a importância da osseointegração nos implantes de carga imediata

As próteses dentárias mais modernas, incluindo o implante de carga imediata, devolvem ao paciente a função mastigatória, a autoestima e o prazer de sorrir novamente. Mas o sucesso do implante e a consequente saúde bucal dependem de um processo conhecido como osseointegração

Você sabe o que é a osseointegração e como ela é importante no bom resultado do seu implante de carga imediata? Para tirar suas dúvidas, continue lendo este artigo do Grupo Lien – Clínicas Odontológicas em SP. 

O que é a osseointegração e como isso influencia no sucesso das próteses dentárias?

Em suma, o processo de integração óssea é a junção o osso da arcada dentária com o implante. Ao formar uma união estável com o osso, o implante de titânio permanece funcional e afixado no local foi inserido, sem riscos de deslocamento. 

A técnica de osseointegração vem sendo aprimorada ao longo dos anos – mais precisamente, nos últimos 40 anos. Isso possibilitou tornar o sistema de prótese fixa mais avançado e moderno no contexto da odontologia reabilitadora.

Conforme os métodos de implantes dentários evoluem, a integração óssea com a prótese se faz mais do que essencial. Afinal, são os resultados derivados da osseointegração que promovem melhorias no desempenho funcional e estético dos pacientes.

Como se dá o processo de osseointegração?

A partir do momento em que o implante é inserido nosso, tem início a formação de um coágulo e um tecido de granulação. Então, depois de aproximadamente duas semanas, o processo de reabsorção do osso (a parte em contato com o implante) começa. 

Com isso, o osso “antigo” é substituído por uma nova formação óssea. No entanto, a cicatrização completa do osso e a junção total com o implante ocorre depois de quatro meses, em média, na mandíbula. Já a cicatrização na maxila pode levar mais tempo: cerca de seis meses.

Quais exames podem confirmar o sucesso da junção do osso com o implante?

Alguns exames pós-operatórios podem identificar se houve ou não a junção do osso com o implante. Dentre os principais exames estão o hemograma completo, o coagulograma e exame de glicemia. Além disso, os exames radiográficos permitem avaliar a condição do osso da área receptora.

Agora que você já conhece a importância desse processo para ter um implante dentário seguro e funcional, nada mais justo que encontrar uma Clínica Odontológica em SP que cuide de seu caso de forma especial.

E aqui no Grupo Lien você terá os melhores especialistas, com uma infraestrutura completa para atender você do início ao fim do tratamento! Então venha agendar sua consulta em uma de nossas Clínicas!

Grupo Lien

Grupo Lien

Clínica Odontológica especializada em Implantes dentários, Lente de contato Dental, Clareamento Dental, e diversos outros procedimentos relacionados a saúde bucal. Conheça nossa equipe de profissionais!

Agende sua avaliação!

Mais Postagens

Fechar Menu